UMA RESPOSTA À VIDA, À TERNURA E A NECESSIDADE DA POESIA

O autor, advogado e juiz Daniel Blume com sua mais nova obra poética “Resposta ao Terno”. Foto: Danielle Vieira 


Concorrida, elegante e terna, assim foi a noite de autógrafos do escritor, advogado e procurador do Estado do Maranhão Daniel Blume, que ao lado da esposa Priscila recebeu uma legião de amigos, escritores e autoridades no lançamento de seu mais novo livro “Resposta ao Terno”.

 

O charmoso restaurante Leblon foi o palco do evento, que contou com discotecagem elegante e correta da DJ Vanessa Serra ao longo do coquetel que adentrou a noite; uma verdadeira celebração da literatura e da amizade.

 

A poesia para Daniel Blume, titular da Cadeira N. 15 da Academia Ludovicense de Letras, é mais que uma necessidade, é um ato de catarse; no qual o autor desapega-se do terno e da profissão de juiz, e transborda sentimento e vida. Tal como ele descreve no poema A Luta: “as pegadas do poema têm vida e vontade, força capaz de asfixiar quem lhes oculta. Na luta do corpo com o poema, vence sempre a poesia”.


O imortal da AML José Carlos Sousa e Silva com o autor. Foto: Danielle Vieira 


Daniel Blume com amigos escritores das Academias Maranhense e Ludovicense de Letras. Foto: Danielle Vieira 


Leoiza e o marido Thiago Bhranner, Otto Mugschl com a esposa escritora Sônia Almeida e a advogada Anna Graziela Neiva. Foto: Danielle Vieira 


O engenheiro e pai do autor, Blume com o pastor Afonso Matos. Foto: Danielle Vieira 


Carlos Augusto Vieira, Maria da Paz, Marina Maciel e Augusta Maciel com o casal Moacir Machado Jr. e Syene Machado. Foto: Danielle Vieira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Deixe seu link para retribui a visita ❤
Instagram: @blogntc @castroriicardo