MULHERES GUERREIRAS, USAM O PROFISSIONALISMO PARA IMPOR RESPEITO, QUEBRAR PRECONCEITOS E SER ALTO- SUSTENTÁVEIS EM TEMPOS DE CRISE, TUDO DE SALTO ALTO E MAQUIAGEM

Alunas do Projeto “Mulheres à Obra”


Um verdadeiro pelotão de mulheres, determinadas a terem sua própria autonomia e não depender mais do homem, seja marido ou um prestador de serviço contratado para os serviços domésticos, que na maioria das vezes extrapolam no preço e passam aperna, só porque são mulheres  e não entendem do assunto, porque não sobem em escada, não pegam em ferramentas e máquinas pesadas, isso faz com que elas se calem perante aos profissionais masculinos e aceitem os orçamentos absurdos e a realidade de serem dependentes do homem nesse universo de trabalho.

 

Pensando no universo feminino e querendo quebrar tabus antigos, sempre observando o verdadeiro martírio que as donas de casa passavam quando tinham que fazer algum serviço doméstico. 

O Palácio da Ferramenta  que existe 41 anos no mercado  fornecendo o que há de melhor no ramo,  é considerada  a mais completa, com diversificados produtos, com uma grande variedade de máquinas, fechaduras, material elétrico, parafusos, dobradiças, tintas, pisos, azulejos, metais  tudo que se precisa para os serviços domésticos.

Com tanta experiência no segmento, o tradicional  o Palácio da Ferramenta , apareceu como um anjo na vida dessas mulheres guerreiras que se escondiam quando encontravam desafios como esses

e criou  o projeto Mulheres à Obra  foi o jeito que a empresa encontrou para homenagear todas essas mulheres guerreiras no seu dia internacional, empoderando-as e transformando as suas vidas.


UM ENSINAMENTO  COM MUITO AMOR E DEDICAÇÃO

O “Mulheres à Obra” dá uma forcinha ao empoderamento feminino, que antes era impossível e tem o objetivo de ensinar mulheres a utilizarem ferramentas elétricas, assim como a solucionarem pequenos reparos domésticos do cotidianos, e claro, inserindo-as ativamente nessa área do mercado de trabalho. No projeto, em salas de aula é visível você ver,Mulheres manuseando ferramentas elétricas, Fazendo reparos hidráulicos básico, Reparos elétricos básicos  e  pintando paredes, vale a pena ressaltar  que elas mandam muito bem e colocam muitos homens no chinelo no fator criatividade, paciência  e perfeição do reparo.


Mulheres pioneiras e prontas para entrarem em ação e ganhar o mercado

OS CURSOS

Mulheres à Obra chega em sua 3ª edição

São cinco cursos, que acontecem sempre aos sábados e ministrado por uma mulher, Emanuela Fidelis.

•         Dias 03 e 10 de Março – Como manusear ferramentas elétricas

•         Dia 17 de Março – Como fazer reparos hidráulicos básicos

•         Dia 24 de Março – Como fazer reparos elétricos básicos 

•         Dia 07 de Abril – Como pintar paredes.


Alunas  em sala de aula com uma só objetivo, serem auto-suficientes.

Olhos atentos a todos os detalhes, expectativa, vontade de aprender  a aperfeiçoar o seu talento e garantir uma oportunidade no mercado de trabalho e meio a crise que assola o Brasil, e sobretudo não gastar mais dinheiro  em reparos em casa, assim comenta a aluna Elane Ramos .“Gostei muito do curso, estou sempre à procura de conhecimentos em pequenos reparos vejo vídeos no Youtube e o curso foi de grande valia pois sou eu que faço sempre alguns reparos em minha casa e não sabia usar a furadeira, agora não gasto dinheiro à toa com pequenos reparos”, Elane de Souza Ramos, 38 anos (aluna da primeira edição).

Sem deixar a vaidade de lado e com um outro olhar para os desafios domésticos , a aluna  era só alegria.“Saí de lá com autoestima elevada”, atestou Kátia Vargas Barbosa, 56 anos (participante).


Alunas manuseando ferramentas e máquinas mais leves específicas para as mulheres.

Onde tudo começou – 

Todos devem perguntar onde tudo começou? À frente do projeto está Isabel Gomes, Diretora de Marketing do Palácio da Ferramenta, que queria algo novo na movimentada loja. Aliás, o modelo hibrido é adotado há anos no atendimento, e não é que elas entendem das ferramentas? Ajudam os clientes com indicação de quais peças usar e como utilizar. E esse cenário despertou em Isabel, algo maior, nasceu assim “Mulheres à Obra”, ganhando imediatamente a adesão de parceiros como Makita, Bosch, Lorenzetti, Suvinil e Legrand. E eles também apostam nessa demanda, no mercado já é possível encontrar ferramentas leves, práticas e até parafusadeira/furadeira e furadeira de impacto cor de rosa.

Esse projeto foi um diferencial na vida dessas alunas, quebrando tabus e mitos do passado, comenta a diretora Isabel Gomes

“Nós percebemo-nos que as mulheres não usavam ferramentas porque muitas vezes tinham medo de não terem jeito, acharem pesado e que poderiam levar choques. Nós decidimos terminar com todos esses mitos através do Mulheres à Obra”,


Alunas colocando em prática os ensinamentos da aula.

Agora querido leitor, é hora de colocar ação e se matricular nesse projeto maravilhoso que é um diferencial de cidadania contra a eliminação de todas as formas preconceituosas contra a mulher. Gostaria de parabenizar a todas as mulheres por esse dia tão especial  e dizer que vocês são verdadeiras guerreiras e o SUCE$$O  sorri para todas vocês alunas do projeto “Mulheres à Obra” .Não poderia finalizar  essa matéria sem  antes parabenizar a empresa “Palácio da Ferramenta” e seu departamento de Marketing pela ação desenvolvida, com  objetivo de estimular o comportamento empreendedor dessas mulheresas valorizando e as capacitando  com que elas já fazem no seu dia a dia agora com mais propriedade profissional.

Alunas formadas na 3º edição do projeto “Mulheres à obra.



INSCRIÇÕES

As inscrições já estão abertas, com 50 vagas

Com o valor simbólico de R$ 50,00 (cada curso). Na verdade, esse valor vira um voucher para utilizar na loja. Um dia todo só para mulheres, com aula prática e teórica, dicas e orientações para utilizar diversas ferramentas. Elas ganham alguns mimos como material didático, camiseta, bandana (laço), coffee break, e com direito a sorteio de ferramentas. 

 

 as 9h30min às 14h.​ 

Local: Escola Técnica Centro Rio

Rua Camerino, 130 / Centro

Mulheres à Obra - 3ª edição

De 3 de março a 10 de abril

Inscrições no site: www.palacio.com.br




Por: LUTHY FERNANDES

 

 fotos: Memória Lúdica

 












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Deixe seu link para retribui a visita ❤
Instagram: @blogntc @castroriicardo