CARNAVAL COM SUSTENTABILIDADE E INCLUSÃO SOCIAL

Os representantes da Potiguar Anderson Penha, Thaylana Sousa , Adriano Pestana e Camila Brasil e com o grupo de idosas do Sol e Mar que aprenderam a confeccionar máscaras recicladas com patrocínio da empresa.


IDOSOS APRENDEM A CONFECCIONAR MÁSCARAS CARNAVALESCAS EM OFICINA DE RECICLAGEM DE PAPEL NO SOL E MAR


Carnaval é sinônimo de alegria, fantasias e animação. Mas pode ser também uma excelente oportunidade para empresas irem além da sua rotina corporativa e praticar responsabilidade social com projetos como a Oficina de Máscaras Carnavalescas, que o Grupo Potiguar promoveu na União dos Moradores do Sol e Mar, na periferia de São Luís.

 

Essa ação voltada para idosos carentes da comunidade, uniu inclusão social, arte terapia e sustentabilidade, uma vez que fomentou a reciclagem de materiais utilizados nas lojas do grupo, tendo encartes de propaganda impressos que seriam descartados como a principal matéria – prima utilizada na confecção das belas máscaras com inspiração veneziana. 


Depois de prontas as máscaras foram cobertas com tecidos florais.

 

A Oficina durou três dias e foi ministrada pelas instrutoras Kátia Castro, artista plástica e Tázia Lopes; e contou com 23 idosas como alunas aplicadas. Ao final do curso, as alunas produziram lindas máscaras de papel machê que serão usadas por elas no Baile da Saudade que vai acontecer naquela comunidade. 

 

 

Cada vez mais o Grupo Potiguar avança nas práticas de sustentabilidade e responsabilidade social. Iniciado em 2017, um outro projeto similar a esse é o de Oficina de Lonas, ressaltou o Gerente de Marketing da empresa, Adriano Pestana:

 

“O Grupo Potiguar está muito antenado com todas as possibilidade de aliar responsabilidade social, educação e cidadania às nossas ações de sustentabilidade e reciclagem. E encontramos nas Oficinas de materiais reciclados uma excelente forma de promover novas oportunidade de educação e geração de trabalho e renda em comunidades carentes. Iniciamos com o projeto de Oficina de Lonas me 2017, com cursos de costura de lonas que antes eram  usadas em banners de propaganda da empresa, e nessas oficinas se transformam em produtos diversos – estojos, bolsas, aventais e sacolas. O sucesso foi tanto, que continuamos com esse projeto nesse ano. E agora inovamos ao usar os encartes impressos como matéria prima para essa Oficina de Máscaras. Estamos muito satisfeitos em ver o impacto tão positivo que essas ações geram nas comunidades beneficiadas”, revelou Adriano Pestana.  

 

Durante três dias, idosas do bairro Sol e mar aprenderam a confeccionar máscaras carnavalescas com papel reciclado.

 

 A instrutora Kátia Castro elogiou a iniciativa do Grupo Potiguar, que segundo ele vai muito além da sustentabilidade: 

 

“ É muito importante incentivar a arte, principalmente se for com idosos, que ganham uma rica oportunidade para interagir socialmente, além de aprenderem novas habilidades e com elas, terem novas possibilidades de geração de trabalho e renda para suas famílias”, enfatizou a artista plástica e professora.

 

Uma das alunas mais aplicadas da Oficina de Máscaras foi a senhora Leonor Mesquita, de 81 anos, que não quis perder a oportunidade de aprender coisas novas:

 

“Confeccionar essas máscaras é uma verdadeira terapia, gostei muito e adorei ter participado. É importante para a gente que é idoso se sentir ativo e atuante. Eu pessoalmente sempre amei o Carnaval, e esse ano vou ter orgulho ainda maior em participar do baile da nossa comunidade usando essa linda máscara que eu mesma fiz”, revela orgulhosa a foliã e agora também artista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Deixe seu link para retribui a visita ❤
Instagram: @blogntc @castroriicardo