A ARTE DO STORYTELLING E QUAL A SUA IMPORTÃNCIA PARA AS PESSOAS E AS EMPRESAS?! Confira!


STORYTELLING, A ARTE DE CRIAR E CONTAR HISTÓRIAS PODEROSAS

 

Porque essa técnica é cada vez mais utilizada por empresas e profissionais e como a mesma pode alavancar carreiras e marcas

 

De 15 a 17 de agosto, das 18H30às 23H acontece pela primeira vez em São Luís o curso de "StoryTelling eStratégico", que será ministrado pelo psicólogo e especialista internacional em Storytelling formado na Alemanha Sam Cyrous. As aulas serão realizadas na escola Upaon- Açu, no Cohafuma e esse curso é uma promoção local do Instituto Geist, comandado pela psicóloga Tatiana Carvalho. Um curso que tem como público - alvo os mais diversos tipos de profissionais - publicitários, professores, políticos, palestrantes, vendedores, psicólogos, coaches, em suma, todos os que lidam com o público em geral. 

 

Voltada para alavancar as mais diferentes áreas, a técnica do Storytelling (criar / contar histórias) é cada vez mais difundida e essencial para se conseguir unir arte e ciência na criação e na narração de histórias com mensagens impactantes que emocionem públicos, divulguem com eficiência mensagens importantes e fortaleçam causas / produtos.  E para sabermos mais sobre esse tema, e porquê o mesmo está cada vez mais difundido em todo o mundo, entrevistamos o expert Sam Cyrous:



 

 

TUDO / O QUE É STORYTELLING E POR QUE ESTÁ TÃO DIFUNDIDO ULTIMAMENTE? 

Sam Cyrous: "Hoje no Brasil o StoryTelling é utilizado com frequência no contexto organizacional e publicitário: Como contar histórias que causem impacto nas pessoas e levem-nas a aderir a um produto ou serviço. Mas StoryTelling é muito mais! É uma arte milenar passada de geração a geração, capaz de ajudar as pessoas a compreenderem o seu lugar e papel no mundo, o sentido e propósito de suas vidas individuais e coletivas. É a ciência utilizada por psicólogos, psiquiatras, pedagogos, palestrantes e coaches para contornar as resistências das pessoas e ajudá-las a compreender novos temas, sem ser incisivo. A arte e a ciência do StoryTelling pega o melhor das histórias do mundo, reais ou fictícias, e das nossas histórias pessoais e utiliza-as com o propósito de causar impacto, mudança, melhora".

 

TUDO / QUAIS OS ELEMENTOS DE UM BOM STORYTELLING / NARRATIVA ?

Sam Cyrous: "Aí vocês têm que fazer o curso (risos). Há alguns elementos básicos que toda história precisa ter e não há como fugir delas! Personagens que, à partir de estudos de autores como Peseschkian e Jung, permitem-me concluir que são quatro tipos diferentes. Temas centrais claros e bem estruturados que se constroem à partir de uma sucessão de momentos bem pensados. E, é claro, três elementos fundamentais: Busca (a capacidade de procurar alguma coisa nova na história), Amor (seja romântico, seja por uma causa, seja amor de amigos ou família) e Conhecimento (que a história é na verdade um quebra-cabeças que estamos tentando organizar e, nalgum momento, faz sentido). Só com esses três elementos uma história pode nos prender, conquistar, seduzir e fazer querermos saber mais sobre ela.

 

TUDO / QUAIS AS SUAS DICAS PARA UM PROFISSIONAL FAZER UMA NARRATIVA IMPACTANTE, EMOCIONANTE E DE SUCESSO?

Sam Cyrous: "O que conquista as pessoas quando elas assistem um episódio de uma série, e no final dizem a si mesmas “só mais um episódio”, e se dão conta que já passaram mais cinco horas de série? Assistir séries e filmes de sucesso, ler livros de sucesso e tentar descobrir os padrões deles é uma ótima forma de aprendizado. Ver grandes palestrantes como as de Steve Jobs, Bill Gates, ou Jane Fonda falando em eventos como TEDTalks e ver como, sem viajar pela jornada do ego, essas pessoas cativam suas audiências falando do conteúdo e falando de si mesmas".

 

TUDO / COMO VC SE INTERESSOU POR ESSA ÁREA E POR QUE ESSA ESCOLHA PROFISSIONAL ?

Sam Cyrous: "Já na infância notei que apesar da diversidade cultural do mundo, as histórias eram quase universais. Meus pais persas, contavam histórias que no Brasil (onde vivi na infância) ou em Portugal (onde morei na juventude) eram as mesmas, mas com ligeiras diferenças. As histórias são o que une as pessoas, captam e prendem a atenção. Profissionalmente comecei a usá-las no contexto da psicoterapia e o sucesso das reflexões causadas nos pacientes, ajudou-me a ver que elas são a ponte entre o nosso mundo interno e os sonhos a nossa frente, e por isso detentoras de um poder tremendo".

 

TUDO / COMO SURGIU O SEU CURSO STORYTELLING ESTRATÉGICO? A QUEM SE DESTINA E QUAL O CONTEÚDO / PROGRAMA DO MESMO? QUAL A PROPOSTA?

Sam Cyrous: "Quando me envolvi com as palestras TED e tornei-me responsável em preparar palestrantes para o TEDxGoiânia, percebi claramente que as histórias que eles contam cativam a plateia, mais que qualquer fala técnica. Fui convidado a assessorar no marketing e conteúdo de uma empresa, antes disso numa ONG e vi que os princípios de contação de história são os mesmos. Mas há um fator que varia: O público! Quando falamos em eStratégico o que garantimos é uma história que prenda um público específico. As pessoas podem aprender a criar e contar (Telling) as histórias (Story), mas elas precisam aprender como cada público (o leitor do jornal, o jogador do game, o seguidor de rede social, a plateia do palestrante, o paciente, o coachee ou o aluno) opera e se deixa seduzir pelas histórias. O StoryTeller acha que seduz o público, o StoryTeller eStratégico percebe que é o público que se deixa encantar".

 

TDUO / EM TEMPOS DE SOCIEDADE LÍQUIDA (CONCEITO DE ZYGMUNT BAUMAN), RELAÇÕES VIRTUAIS E FUGAZES, VELOCIDADE E EXCESSO DE INFORMAÇÃO; QUAL O PAPEL ESTRATÉGICO DO STORYTELLING PARA AS PESSOAS ? E PARA AS EMPRESAS?

Sam Cyrous: "O pós-modernismo parece nos ter feito esquecer o poder das histórias. Por anos, o marketing e a mídia se tornaram fácticos - compre este produto porque ele tem estes elementos; você deve aderir aos princípios da nossa empresa porque ela traz estas vantagens… A verdade é que nada acontece por acaso e tudo na vida tem uma história por trás. E biologicamente parece que estamos programados a perceber essa historicidade e, por isso, se notarmos as maiores empresas e marcas das últimas décadas (algumas com cerca de um século) são as que souberam contar histórias, mais do que vender seus produtos. Assim, as pessoas não compram o produto, se tornam partícipes dessa história. Não é isso que as redes digitais fazem? Oferecem-nos histórias da vida de cada um dos nossos amigos, com fotos, palavras, vídeos e, consequentemente, emoções? Por isso as histórias são tão poderosas: Elas conectam com as emoções das pessoas e são guardadas na parte mais profunda de nossas mentes".




 

SERVIÇO: Turma com vagas limitadas. Inscrições e mais informações pelos fones (98) 32270006 / 988216631.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Deixe seu link para retribui a visita ❤
Instagram: @blogntc @riicardocastro